Amor Fatal

Amor Fatal

Teu jeito me parece poesia

Teus olhos pura inspiração

Que toca minha alma fria

E brota versos loucos de paixão

A noite estrelada tem teus olhos

Nos olhos brilho forte tentação

Em mim o desejo ardente de tê-la

E vê-la, é morte, é sina, é sedução.

Pensar, sonhar, viver em ti é terno;

É crescer num amanhã distante

É construir um sonho talvez real

Não te ter é padecer no frio inverno

É queimar em chamas quente

Feito inferno

É morrer dessa morte

Amor fatal.

Paulo Campos e Zé Lopes

Anúncios
Published in: on 31/07/2009 at 4:36 pm  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://poemasdefogo.wordpress.com/2009/07/31/amor-fatal/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Grande Paulo Campos! Quanto tempo. Como vão as coisas çpor aí? Cadê a turma (Ivaldo, escoteirinho, ìndio, mazinho, Diana, etc?) Saudades daqueles tempos de poesia e muito chope. Felizmente a poesia ainda sobrevive nas suas criações. Um abraçoe vida longa ao seu blog.

    Parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: